Terça, 22 de Junho de 2021
(67) 992741957
Dólar comercial R$ 5,02 -0.91%
Euro R$ 5,99 -0.48%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.4%
Bitcoin R$ 171.922,05 +0.318%
Bovespa 129.264,96 pontos +0.67%
Economia Marquinhos

Marquinhos vai à Governadoria pedir toque de recolher menor para Dia das Mães

Pedido foi discutido com o governador Reinaldo Azambuja durante reunião nesta tarde

27/04/2021 00h26
53
Por: Junior vasconcelos Fonte: campograndenews
Marquinhos vai à Governadoria pedir toque de recolher menor para Dia das Mães

Já com a confiança de que Campo Grande vai sair da bandeira cinza, de risco máximo de contágio do novo coronavírus, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), informou nesta tarde que está sendo estudada, para o fim de semana do Dia das Mães, adoção de toque recolher mais curto, das 22h às 5h no sábado. O objetivo principal é permitir ao comércio um horário mais estendido na data, a segunda mais lA afirmação de Marquinhos foi depois de reunião com o governador Reinaldo Azambuja, nesta tarde, de cerca de uma O Dia das Mães, neste ano, será em 8 de maio. Previsão de movimentação divulgada hoje por representantes do comércio indicam R$ 190 milhões circulando para a compra de presentes às mães.

 

Efeito dominó - O prefeito, ao falar do tema, disse que existe o interesse das autoridades em flexibilizar medidas, pois o Poder Público também tem perdas, mas isso deve ser feito com responsabilidade.

 

Há quase um ano e 2 meses, temos convivido com ansiedade do comércio.  A gente entende porque cai a receita também, quando não tem movimentação. Deixa de ter consumo, deixa de ter pagamento dos encargos”, citou.

 

Nesta semana, o status das cidades para o perigo de infecção por coronavírus vai ser atualizado pelo Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia).  O atual mapa, no qual a Capital está em risco extremo, vale até quarta-feira (28), com toque de recolher às 20h, até as 5h.

 

O prefeito garante que Campo Grande deve ir para a bandeira vermelha. Nessa situação, o horário de veto para circulação vai das 21h às 5h. Só pode estar na rua quem trabalha em serviços essenciais.

 

Números - Mato Grosso do Sul acumula 224,2 mil casos e 5.542 óbitos por covid-19. Só nas últimas 24h foram 647 infectados e 28 mortes confirmadas.

 

Campo Grande lidera o ranking com 93.634 contaminados e 2.380 mortes, desde o começo da pandemia em 2020, com taxa de ocupação de leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) em 97%.

 

Além de Campo Grande, Itaquiraí está em bandeira cinza, a mais severa. As outras 77 cidades estão ou em bandeira laranja ou amarela hora. Segundo o prefeito, a resposta do Executivo sai no começo da primeira semana. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias