Terça, 22 de Junho de 2021
(67) 992741957
Polícia INTERIOR

Acusado de matar ex-cunhada a tiros vai a júri popular em MS

Ele também atirou contra a ex-mulher, que sobreviveu

20/05/2021 10h32
32
Por: Junior vasconcelos Fonte: Novanews
Acusado de matar ex-cunhada a tiros vai a júri popular em MS

Alexandre Aparecido Muller, conhecido como “Polaco”, 64 anos, acusado de matar a tiros a ex-cunhada, Mercedes Félix Sobrinho, de 55 anos, e balear também a irmã dela, uma mulher de 59 anos, em Nova Andradina, vai a júri popular na terça-feira (25).

O crime acontecei no dia 14 de dezembro de 2019. Na ocasião, o autor teria ido até à casa onde as mulheres estavam e efetuado diversos disparos de arma de fogo contra elas, fugindo do local em seguida.

Testemunhas acionaram a Polícia Militar. Os militares, então, encontraram às duas irmãs com ferimentos na região da cabeça 

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foram acionadas e socorreram às duas irmãs. 

Mercedes estava inconsciente, já a outra vítima, menos grave, disse que o autor dos disparos seria seu ex-marido.

A mulher de 59 anos foi atendida em Nova Andradina e conseguiu se recuperar, enquanto Mercedes, devido à gravidade de seu quadro clínico, não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 16 de dezembro. 

Conforme o site Nova News, no dia 19, Alexandre se apresentou na Delegacia de Atendimento à Mulher de Nova Andradina e foi preso.

Desde então, ele segue recolhido em uma das celas do Estabelecimento Penal Masculino de Nova Andradina.

Alexandre Aparecido Muller é acusado feminicídio praticado contra sua ex-cunhada, Mercedes Félix Sobrinho, tentativa de feminicídio contra sua ex-esposa, violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias