Domingo, 01 de Agosto de 2021
(67) 992741957
Polícia APP

Motorista de app se revolta ao ver passageiro se masturbar em Campo Grande:.'

Polícia Militar foi acionada, mas agressor não estava em casa

16/07/2021 15h23
37
Por: Da redação Fonte: top midia news
Motorista de app se revolta ao ver passageiro se masturbar em Campo Grande:.'

Motorista de aplicativo, 26 anos, se revoltou ao ver que um passageiro se masturbava no banco de trás, durante corrida no início da noite desta quinta-feira (15), em Campo Grande. 

Conforme boletim de ocorrência, a condutora trafegava pela Júlio de Castilho e, ao parar no semáforo, foi abordada por um homem desconhecido. Ele propôs uma viagem sem acionar o aplicativo. A vítima aceitou e iniciou a corrida em direção ao Portal Panamá. 

Durante o trajeto, diz a vítima, o suspeito passou a dizer que ela era bonita, perguntou se era casa de disse que ‘’seu marido tem muita sorte’’. A vítima ficou calada e seguiu com a corrida, mas em dado momento olhou para trás e viu o agressor com a calça aberta, o pênis de fora e se masturbando. ‘’O que é isso?’’, exclamou a vítima. O passageiro justificou dizendo: ‘’Desculpa moça, é que eu bebi umas e você sabe como é, a gente faz umas coisas sem pensar’’. 

Apesar do medo e da violência sofrida, a motorista preferiu levar o suspeito até o endereço informado por ele. Na sequência, ela avisou o marido, que por sua vez chamou a Polícia Militar. 

Na descrição feita pela vítima, o suspeito tem cerca de 1,70m, aparenta ter entre 20 e 22 anos, vestia bermuda jeans azul escuro, camiseta cinza e boné vermelho

Os militares foram até o local apontado pela vítima e encontraram um homem, que se identificou como avô do agressor. Ele destacou que o neto mora na residência, mas não estava em casa. Porém os policiais conseguiram descobrir a identidade dele. 

 

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias