Domingo, 01 de Agosto de 2021
(67) 992741957
Polícia Reviravolta

Reviravolta: morte de guarda tratada como suicídio é investigada como queima de arquivo

Ele também não teria praticado estupro do qual foi acusado

21/07/2021 18h12
77
Por: Da redação Fonte: midiamax
Reviravolta: morte de guarda tratada como suicídio é investigada como queima de arquivo

Dois anos e três meses após a morte do guarda municipal Fred Brandão dos Reis, de 38 anos, em Campo Grnade, o que antes foi apurado como suicídio passa a ser tratado como homicídio e, ainda mais, queima de arquivo. Fred também chegou a ser acusado de estuprar uma menina de 12 anos, fato não confirmado durante as investigações.

Até o momento sem autoria do homicídio, o caso reascende após mais de dois anos. Uma nova pessoa pode ser ouvida pela polícia, por possível envolvimento no caso. O estupro de vulnerável que foi relatado na época não foi confirmado, por insuficiência de provas. Laudo datado de julho de 2019 não identificou elementos para comprovarem o estupro.

Os laudos apontam que a menina não sofreu estupro, não constatando violência sexual. Também não foi encontrado material genético da suposta vítima em Fred. Fred Brandão foi encontrado morto no dia 20 de abril, com um tiro na boca. A denúncia que chegou à Polícia Civil na época aponta que ele teria estuprado a menina de 12 anos, sob ameaças com uma arma de fogo, um revólver calibre 38.

Depois do estupro, conforme o registro feito em abril de 2019, o guarda teria dito que iria cometer o suicídio, momento em que a menina correu para avisar a mãe, primeira pessoa a encontrar Fred morto. Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) chegaram a ser acionados, mas Fred não resistiu.

Morte a esclarecer

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias