Segunda, 16 de Maio de 2022 01:55
(67) 992741957
Geral Escolas

Reforma de escolas e entrega de material e uniformes garantem retorno dos alunos em Naviraí

Educação trabalha para sanar defasagem na aprendizagem durante pandemia com aulas 100% presenciais e contraturno

06/04/2022 11h31
40
Por: Da redação Fonte: Redação
Reforma de escolas e entrega de material e uniformes garantem retorno dos alunos em Naviraí

As aulas retornaram na rede municipal de ensino de Naviraí no início de março e 2022 será o primeiro ano na gestão da Prefeita Rhaiza Matos em que os alunos estão nas escolas durante todo o período. Em 2021 as aulas começaram de forma remota e durante o ano letivo foi gradativamente sendo implantado o sistema híbrido até garantir o retorno 100% presencial de forma segura para alunos e educadores.

Para garantir a estrutura necessária para que os alunos estejam nas salas de aula, a Gerência de Educação vem trabalhando em diversas frentes, desde a garantia do material escolar, até a adequação e reforma das escolas. No início do ano letivo, foram entregues kit de material escolar aos alunos e os uniformes, contendo máscaras de proteção contra covid-19, estão sendo repassados de acordo com a chegada dos lotes. No total são 15 mil agasalhos completos, 15 mil camisetas e 6 mil pares de tênis para atender todos os alunos da rede municipal.

Esse retorno às aulas após dois anos de incertezas e alunos longe das escolas por causa da pandemia da covid-19 é comemorado pela gerente de Educação e Cultura, Tatiane Morch. “Este retorno de aulas 100% presenciais é muito significativo. Primeiro porque ele representa uma melhora do quadro relacionado à Pandemia. Quando paramos em 2020 não tínhamos sequer previsão de vacina e agora estamos retomando com nossas crianças vacinadas e mais seguras”, afirma.

Superado esse momento, Tatiane diz que agora o maior desafio para a Educação de Naviraí é superar a defasagem na aprendizagem e colocar os alunos no melhor nível o mais rápido possível. “Estamos nos preparando desde 2021 para diminuir os prejuízos causados pelo afastamento dos estudantes com a escola. Iniciamos timidamente ano passado projeto de nivelamento da aprendizagem e o mesmo está sendo ampliado agora para atender em período contraturno”, explica a gerente de Educação.

Reformas

Na estrutura física das unidades de ensino, estão em reforma as escolas José Martins Flores, Marechal Rondon, Maria José Cançado (Mamãe Zezé) e a creche Eva de Morais. Outras quatro estão no projeto para início ainda esse ano e, nesta lista estão as escolas Odércio de Matos e Maria Aquino, além das creches Sonho de Criança e Vera de Brida. Para completar, a Escola do Ipê, com obras paralisadas há vários anos, enfim está sendo finalizada e deve ser inaugurada em breve pela atual gestão.

A necessidade dessas reformas foi constatada pela gerência de Educação ainda em 2021, que tiveram início após a conclusão do processo licitatório, em dezembro. “Iniciamos em quatro escolas, duas de ensino fundamental e duas de educação infantil. Infelizmente devido algumas situações que surgiram durante a reforma, tivemos que mudar as datas de retorno presencial nestas unidades, mas aos poucos estão sendo liberadas”. As unidades de ensino em reforma serão entregues aos alunos apenas após a conclusão das obras. “As reformas são um desgaste necessário para melhorar a qualidade das nossas escolas em relação a estrutura física”, conclui Tatiane.

Legenda: Prefeita Rhaiza Matos tem acompanhado as reformas com os responsáveis pelas áreas de Educação e Obras

Legenda: Escolas passam por reformas nos espaços internos e externos

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias